A importância do ensino da língua estrangeira (Inglês) nas escolas (artigo de opinião)

Mai 02, 2021

Falar Inglês se tornou um fenômeno mundial a partir da década de 1990, quando os falantes não nativos aumentaram consideravelmente em comparação ao número de falantes nativos, o que tornou esse idioma uma língua global, conforme Crystal (2010) apud Brawerman-Albini. Assim, se você for visitar qualquer país, falando apenas Inglês, conseguirá se comunicar bem com as outras pessoas.

Porém, infelizmente, o Brasil tem uma das menores porcentagens de falantes do Inglês – de acordo com O Globo, apenas 5% da população brasileira fala bem o inglês, sendo que somente 1% é fluente na língua. O motivo desse baixo índice talvez seja a falta de interesse do brasileiro em aprender uma segunda língua. E não é incomum um professor de Inglês ouvir a pergunta “para que aprender Inglês, se eu não vou viajar para o exterior?”.

Mesmo sendo trabalhada a importância do Inglês nas escolas e ser esclarecido que esse idioma não será apenas utilizado para viagens, mas também em jogos, manuais de instruções, programas de computadores, etc., a maioria dos alunos não segue com seus estudos e não se interessa pela aquisição dessa segunda língua.

Muitos alunos, inclusive, relatam que jogam games, nos quais as palavras e instruções são em Inglês e, mesmo assim, não conseguem assimilar a importância de aprender a falar, ler e escrever nessa língua estrangeira.

Diversos são os métodos utilizados para ensinar aos alunos o Inglês e instigar o interesse pela língua, para que eles tenham “sede de conhecimento”, possibilitando a continuidade do aprendizado fora do ambiente escolar. Mesmo assim, não se consegue alcançar totalmente esse objetivo.

O aprendizado da língua inglesa é de suma importância para todos. Afinal, é ela que “abre portas” para empregos melhores e para conhecer novas pessoas. Com as tecnologias cada vez mais sofisticadas, o encontro de pessoas de países diferentes não é algo tão difícil, como antigamente: muitos aplicativos proporcionam isso – um muito conhecido é o Omegle, bastante utilizado por pessoas de todos os países, especialmente adolescentes.

É a escola que proporciona o encontro com o conhecimento. Portanto, o aprendizado do Inglês deve ser mais valorizado e aproveitado pelos estudantes, já que ocorre de maneira gratuita e com muita dedicação dos professores desse idioma.

* texto de autoria de Elisiane de Oliveira Dias, professora de Inglês que reside em Xanxerê (SC)

Referências:

BRAWERMAN-ALBINI, Andressa; GOMES, Maria Lúcia de Castro. O jeitinho brasileiro de falar inglês: pesquisas sobre a pronúncia do inglês por falantes brasileiros. São Paulo: Pontes Editores, 2014.

RIBAS, Raphaela. Você realmente fala bem em inglês ou é só embromation? O Globo. Disponível em: https://oglobo.globo.com/economia/emprego/voce-realmente-fala-bem-em-ingles-ou-so-embromation-23577552.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar