Diário da Pandemia – 450º dia de confinamento:

Junho 11, 2021

Uma sexta-feira bastante tranquila – assim, foi o dia de hoje. Como já se tornou tradicional, no fim da manhã, fui à academia. À tarde, logo após o almoço, passei na lavanderia e, depois, fiz minha soneca costumeira. Na sequência, organizei algumas coisas por casa, a fim de que o final de semana seja mais tranquilo. Por fim, há pouco, tomei um bom café com pastel. Ah, ontem à noite, o Fla conseguiu uma vitória “magra” (1 x 0), diante do Coritiba, pela Copa do Brasil – para nossa alegria!

Cada vez mais, as pessoas querem atenção. Sentimos isso num breve diálogo com alguém. Parece que, a partir da Pandemia, muitos ficaram solitários e carentes. Então, por isso, hoje, quero tratar de que “todos querem(os) ser ouvidos”.

Queremos, mais do que nunca, que a nossa voz seja ouvida – se possível, nos “quatro cantos do mundo”. Precisamos da máxima atenção de todos, imediatamente, já, agora, neste instante.

Sim, as pessoas necessitam ser ouvidas em seus clamores, angústias, decepções, frustrações e por aí vai. Confesso, então, que eu sempre fui mais um bom ouvinte do que um bom falante. Talvez por herança de minha atuação no jornalismo, o que exige que eu ouça com muita atenção para depois poder redigir a matéria/notícia.

Mas, efetivamente, quantos estão dispostos a ouvir seus irmãos? Quantos têm a necessária paciência de escutar sem interromper? E, notadamente, quantos ouvirão sem emitir julgamentos precipitados ou inconvenientes?

Difícil responder a essas perguntas... Sei apenas que precisamos estar mais atentos aos sinais presentes nos discursos alheios – e isso exige ouvir com atenção. Pode ser que, na fala do outro, resida um pedido de ajuda, ao qual não podemos nunca nos furtar...

Para concluir, quero agradecer as muitas mensagens dos amigos, desejando-me boa recuperação dos efeitos colaterais da vacina. Depois de uma quarta horrível, a quinta e a sexta foram serenas. Graças a Deus, pois não aguentaria mais um dia com a cabeça literalmente “explodindo”.

Em tempo: uma boa novidade – os cartões de visita do Diário da Pandemia chegaram! E, modéstia à parte, ficaram muito legais – amanhã, publicarei fotos nas redes sociais, mostrando os “pequenos”!

Boa noite e bom final de semana!

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar